terça-feira, 9 de junho de 2009

LINGUAGEM CORPORAL VIRA TEMA NO ENEM

A cada dia, fico mais feliz com a profissão que escolhi, pois sua importância e necessidade crescem progressivamente. Agora é também, tema obrigatório para ser estudado por candidatos do ENEM.
Então amigos prestem mais atenção às aulas de Educação Física. Veja abaixo um resumo do artigo sobre este assunto.

Linguagem corporal Ligado à matriz de habilidades da área de linguagens, o assunto está causando um "nó" na cabeça dos estudantes. Será que é preciso agora entrar num grupo de dança ou se matricular na academia para entender de linguagem corporal? Não é isso o que o Ministério da Educação (MEC) quer. O que será avaliado na prova nacional - que vai substituir o vestibular das universidades federais do estado - é a capacidade de interpretação dos movimentos do corpo. É necessário compreender as diversas manifestações culturais (danças, lutas, rituais e cerimônias), aspecto que deve ser mais ligado aos testes das ciências sociais, e reconhecer a importância das Atividades Físicas para o bem estar, conceito que pode ser cobrado na prova de ciências.
Antes de "viajar" no tema, o aluno precisa perceber a diferença entre expressão e linguagem corporal. Enquanto a primeira diz respeito apenas aos movimentos do corpo propriamente dito (danças e exercícios da academia), a segunda abrange a movimentação corporal como meio de comunicação (não-verbal). "O Enem quer que o jovem tenha uma leitura cultural de mundo. A banca pode mostrar uma imagem do toré (ritual indígena) e pedir interpretações ao aluno. Não apenas sobre o que o toré mostra, mas de elementos que envolvam história, língua portuguesa, sociologia", explica o professor de português do Colégio Equipe, Daniel Bandeira. Ele afirma que o uso da linguagem corporal pode ser utilizado, inclusive, como tema de redação da prova nacional. "Não é algo impossível", aposta.
Para a professora de português, Betânia Ferreira, do UTI Centro Educacional, na Jaqueira, a leitura da linguagem corporal é simples. "O fera não precisa saber dançar para saber o que o corpo ou o rosto querem comunicar através da dança ou de uma prática Esportiva. É mais uma questão de sensibilidade e de atenção ao significado das expressões contidas na imagem", ensina. Ela afirma que a interpretação da linguagem não-verbal através do corpo não chega a ser novidade para os alunos pernambucanos. "Há 15 anos a Comissão de Vestibular (Covest), que foi responsável pela 1ª fase das federais até o ano passado, já havia utilizado esse recursos em questões de português", comentou. A fera de pedagogia Ketully Leal, 20 anos, vivencia os movimentos do corpo no dia a dia. Ela é bailarina há nove anos. "Qualquer movimento que o corpo faz é linguagem corporal. Essa é a maneira de transmitir o que se sente através do corpo. É tão natural quanto andar, comer ou respirar", define.
Educação Física - Como o Enem cobra assuntos inseridos no contexto interdisciplinar, o Colégio Contato está promovendo aulas conjuntas entre as equipes de literatura e de educação física. "Você pode perceber como se comportavam e viviam pessoas de uma determinada época só observando fotos ou pinturas. É por meio da linguagem do corpo que determinamos se elas eram mais recatadas, se sofriam ou viviam em liberdade. A dança, por exemplo, é uma manisfestação que existe desde a Pré-história", justifica professora de educação física Luciana Mendes. "As aulas de educação física estão mais freqüentadas e o interesse dos meninos aumentou", assegura.
Entrevista com Valéria Medeiros sobre o assunto
Coordenar e articular os movimentos do corpo é a profissão da professora de dança e coreógrafa do projeto "Em cena arte e cidadania", Valéria Medeiros. Ela é a responsável pelos espetáculos da organização não-governamental que oferece aulas gratuitas às crianças em situação de risco das comunidades dos Coelhos e do Coque, no Recife. Além de consciência corporal, ela sabe como ninguém como a arte pode mudar a vida das pessoas. Simples, ela atendeu a equipe do Diario em meio aos ensaios do grupo, realizados na sede da ONG, localizada no bairro dos Coelhos. Com sua vasta experiência, Valéria afirma que a dança é uma das formas de organização da linguagem corporal mais antigas do mundo. "O movimento do corpo está ligado à vida", declarou.
O que é linguagem corporal? Geralmente há uma separação entre a linguagem verbal e a linguagem corporal. Essa última é chamada de não-verbal, sem fala, sem voz. A linguagem corporal envolve não apenas os movimentos dos membros e do tronco, mas também as expressões faciais e o que elas transmitem.
Como os feras podem entendê-la melhor? Se a gente parar para pensar, a linguagem corporal é algo que desenvolvemos desde bebês. Somente através dela conseguimos nos desenvolver cognitivamente. O que acontece é que as escolas limitam um pouco os movimentos. Nos colégios, a frase que mais escutamos é o "fique quieto". Mas os alunos e os professores também precisam entender que o movimento melhora o aprendizado de forma geral.
A linguagem corporal está presente apenas na dança?Não. Ela está presente em qualquer movimento que fazemos. O movimento está ligado à vida. A dança é apenas uma das formas de organização da linguagem corporal.
Como acontecem essas organizações do movimento?Elas mudam de acordo com o tempo e com o local. Tudo vai depender da sociedade onde a pessoa vive. Nos últimos anos, a organização da linguagem corporal está se relacionando às áreas de educação e de saúde. Nunca houve tanta valorização do Exercício Físico para a promoção do bem estar do indivíduo.
Saiba mais
Como o assunto será cobrado na prova? - Através de figuras que exigem interpretações focadas no corpo - Como tema da redação (uma das apostas)- Na combinação de imagens e textos - Se sairá bem o aluno que souber dominar e valorizar no texto ou na imagem a comunicação corporal (não-verbal)- O fera precisa entender a importância do movimento nas construções culturais (danças, rituais religiosos e cerimônias). Essa habilidade deve ser cobrada nas provas de português e de história- Nas questões da área de ciências, a compreensão da linguagem corporal deve vir atrelada ao bem estar e à saúde.Temas relacionados à linguagem corporal- Performance corporal e identidades juvenis- Mitos e verdades sobre os corpos masculino e feminino na sociedade atual- Exercício Físico e Saúde- O Corpo e a expressão artística e cultural- O Corpo no mundo dos símbolos e como produção da cultura- Práticas Corporais e autonomia- O Esporte, a dança, as lutas, os jogos e as brincadeiras.
Fonte: equipe pedagógicado Colégio Contato, UTI - Centro Educacional Betânia Ferreira e Ministério da Educação (MEC).
Por Mirella Marques
Adaptado por: Francisco Castro Nunes
Profissional de Educação Física

8 comentários:

o melhor do quinari a gente mostra!!! disse...

é castro ja estava na hora deles os governantes prestarem mais atenção na educação fisica.
agora ela vai ter mais espaço e mais investimentos,vamos torcer.

patrick leon disse...

é agora vaia educação fisica vai ter mais espaço

BLOG DO CARIOCA disse...

Obrigado pelas visitas. O visual novo também ficou bom, por muito pouco não utilizou a cor rosa!
kkkkkkkk

Um abraço professor, o senhor é um grande amigo.

Anônimo disse...

REALMENTE NO MUNDO MODERNO, ESTA PROFISSÃO ESTÁ ASCENSÃO.
COLEGA, É MUITO INTERESSANTE COMO VOCÊ FALA DA SUA PROFISSÃO, DAR PRA PERCEBER QUE VOCÊ TEM ORGULHO DO QUE FAZ.QUANDO SE TEM ORGULHO E GOSTO PELO QUE FAZEMOS, FAZEMOS MELHOR.
FLAMEL

EXERCÍCIO FÍSICO É SAÚDE - CASTRO PERSONAL TRAINER disse...

Amigo Jairo, eu que lhe agradeço pela visita. Voce tirou a cor rozinha do seu blog mas vistiu a camiza rozinha. KKKKKK. Brincadeira não fica chateado.
Estou tentando na marra, organizar este blog.
mas valeu! faça sempre uma visita, é muito bom.

SIMEI disse...

Castro:

Como vai?

Li o seu pequeno texto e me acabrunhei para entender o significado de tudo isso:

Qual é a importância disso? Para que o MEC se importanta tanto com a "Linguagem Corporal"? Isso é muito importante para a formação da intelectualidade do cidadão ou é mais uma forma de fazer uam "peneira" na hora da prova?
Será que isso vai trazer algum resultado positivo na questão da formação do profissional?

Abraços meu amigo.

EXERCÍCIO FÍSICO É SAÚDE - CASTRO PERSONAL TRAINER disse...

Amigo Simei, fico muito feliz com a sua visita, e com a seu questionamento muito pertinente.
Respondendo a sua pergunta:
A Educação Física é uma Disciplina que trabalha os conhecimentos mútiplos do aluno, de forma integral, e não apenas o corpo. Enquanto a matemática atenta apenas para o raciocínio matemático, o português as regras gramaticais, por exemplo. A Educação Física, avalia e desenvolve o comportamento motor, a interrelação dos alunos, a comunicação, valores e atitudes.
Através da leitura da lingagem corporal, podemos descobrir coisas que através da linguagem verbal não conseguimos. uma pessoa pode falar uma coisa, através da linguagem verbal, que não condiz com a realidade. A linguagem corporal não engana. os Filosofos antigos, conheciam uma pessoa pela linguagem corporal, o significado de uma expressão das mão, dos olhos, das pernas enfim de seu corpo. O corpo aprende pelo movimento e através do movimento. a primeira linguagem que uma criança normal desenvolve é a corporal.
Na Grécia antiga, a Educação corporal era muito importante, a Filosofia e Educação Física eram contéudos imprecindível para o desenvolvimento integral do indivíduo.
amigo Simei, é um pouco complexo, enviarei um email pra você com mias detalhes.
valeu pela participação na discursão.

SIMEI disse...

Castro:

Entendi sua postagem e entendi sua réplica do meu comentário.

Meu tom irônico, refese-se ao MEC.

Caracteriza-se a meu ver, que numa prova o estudante que não tiver interesse no tema, poderá elimina-lo de uma competição pedagógica. Minha teima se dá; eliminar um concorrente de um campo profissional de áreas bem distintas, se o dito cujo não se sair bem no que requer o tema "Linguagem Corporal". Agora se é uma prova específica, ou da anatomia humana, é coisa bem diferente!

Tô um cadim mais claro?

Abs.